1. Permissão internacional para dirigir
  2.  / 
  3. Blog
  4.  / 
  5. 10 fatos interessantes sobre a Argentina
10 fatos interessantes sobre a Argentina
April 05, 2024

10 fatos interessantes sobre a Argentina

Fatos rápidos sobre a Argentina:

  • População: Aproximadamente 45 milhões de pessoas.
  • Capital: Buenos Aires.
  • Língua oficial: Espanhol.
  • Moeda: Peso argentino (ARS).
  • Governo: República presidencial federal.
  • Religião Maior: Catolicismo.
  • Geografia: Localizado na América do Sul, faz fronteira com Chile, Bolívia, Paraguai, Brasil e Uruguai, com diversas paisagens, incluindo a Cordilheira dos Andes, campos dos Pampas e deserto da Patagônia.

Fato 1: A Argentina é o berço do Tango

Tango, a dança apaixonada e icônica, originou-se na Argentina, particularmente nos vibrantes bairros portuários de Buenos Aires e Montevidéu durante o final do século 19. Evoluindo a partir de uma fusão de influências africanas, europeias e indígenas, o tango surgiu como um reflexo da diversidade cultural e dinâmica social da região. Com seus ritmos distintos, pisada intrincada e conexão íntima entre parceiros, o tango rapidamente ganhou popularidade e se tornou sinônimo da cultura argentina. Hoje, o tango continua a cativar o público em todo o mundo com sua sensualidade, emoção e rica tradição musical.

Sergio grazioliCC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

Fato 2: A Argentina é um país muito tolerante

A Argentina é amplamente reconhecida por sua posição progressista em relação aos direitos LGBTQ+ e foi o primeiro país latino-americano a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Em 15 de julho de 2010, o Congresso da Argentina aprovou um projeto de lei histórico legalizando o casamento igualitário, permitindo que casais do mesmo sexo se casassem e desfrutassem dos mesmos direitos e proteções legais que casais de sexo oposto. Essa legislação histórica marcou um marco significativo na luta pelos direitos LGBTQ+ na América Latina e abriu um precedente para outros países da região.

Fato 3: A Argentina abriga uma das rodovias mais longas do mundo

Uma das rodovias mais notáveis da Argentina é a Rota Nacional 40 (Ruta Nacional 40 ou RN40), que é a rota mais longa do país e uma das rodovias mais longas do mundo. Estendendo-se da fronteira norte com a Bolívia até o extremo sul da Patagônia, a Rota Nacional 40 cobre aproximadamente 5.194 quilômetros (3.227 milhas) de terreno diverso, incluindo montanhas, desertos e planícies. Esta icônica rodovia atravessa inúmeras províncias, oferecendo paisagens de tirar o fôlego, riqueza cultural e acesso a várias atrações turísticas ao longo de sua rota. A Rota Nacional 40 tem uma importância significativa para o transporte, turismo e conectividade na Argentina, ganhando sua reputação como uma das rodovias mais longas e cênicas do mundo.

Nota: Se você pretende visitar o país, descubra se você precisa de uma Carteira Internacional de Habilitação na Argentina para dirigir.

Dario AlpernCC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Fato 4: A Argentina é um grande produtor de vinho

A indústria vinícola argentina tem uma longa história que remonta ao século 16, quando os colonizadores espanhóis introduziram pela primeira vez videiras na região. Hoje, a Argentina é um dos maiores produtores de vinho do mundo, classificando-se entre os principais países exportadores de vinho do mundo.

A variedade de uva de vinho mais famosa da Argentina é a Malbec, que prospera no terroir único do país, particularmente na região de Mendoza. Os vinhos Malbec da Argentina são celebrados por sua cor profunda, sabores ricos de frutas e taninos suaves. Além do Malbec, a Argentina produz uma ampla gama de outras variedades de uva, incluindo Cabernet Sauvignon, Merlot, Syrah, Chardonnay e Torrontés, entre outras.

A geografia e o clima diversificados da Argentina contribuem para o sucesso vitivinícola do país, com vinhedos localizados em várias regiões, incluindo Mendoza, Salta, San Juan, La Rioja e Patagônia. Essas regiões oferecem uma variedade de microclimas e tipos de solo, permitindo que os enólogos produzam uma variedade de estilos de vinho, de tintos ousados a brancos crocantes.

Fato 5: A Argentina tem altas montanhas e grandes geleiras

A Cordilheira dos Andes corre ao longo da fronteira ocidental da Argentina com o Chile, formando uma das maiores cadeias montanhosas continentais do mundo. Dentro dos Andes, a Argentina possui vários picos altos, incluindo o Aconcágua, a montanha mais alta fora da Ásia, atingindo uma altitude de aproximadamente 6.960 metros (22.837 pés) acima do nível do mar.

Além de suas montanhas imponentes, a Argentina é conhecida por seus extensos campos de gelo e geleiras, particularmente na região sul da Patagônia. O Campo de Gelo do Sul da Patagônia, um dos maiores campos de gelo fora da Antártida, se estende pelo sul dos Andes, cobrindo vastas áreas de terreno acidentado. Dentro deste campo de gelo, o Parque Nacional Los Glaciares, na Argentina, é conhecido por suas geleiras icônicas, incluindo a famosa Geleira Perito Moreno, um Patrimônio Mundial da UNESCO conhecido por suas espetaculares formações de gelo e eventos dramáticos.

R I O M A N S OCC BY 2.0, via Wikimedia Commons

Fato 6: O maior dinossauro já encontrado foi na Argentina

A Argentina é conhecida por seu rico patrimônio paleontológico, e alguns dos maiores fósseis de dinossauros já descobertos foram encontrados no país. Um dos exemplos mais notáveis é o Patagotitan mayorum, uma espécie de titanossauro que viveu durante o período Cretáceo Superior. Descoberto na região da Patagônia, na Argentina, estima-se que o Patagotitan mayorum tenha medido cerca de 37 metros (121 pés) de comprimento e pesado aproximadamente 69 toneladas métricas (76 toneladas), tornando-se um dos maiores dinossauros já conhecidos.

A descoberta do Patagotitan mayorum e de outros fósseis de dinossauros gigantes na Argentina contribuiu significativamente para a nossa compreensão da diversidade, evolução e comportamento dos dinossauros durante a Era Mesozoica.

Fato 7: A Argentina tem vários Patrimônios Mundiais da UNESCO

Além da natureza deslumbrante da Argentina, há também locais históricos e culturais reconhecidos em todo o mundo. Alguns dos notáveis Patrimônios Mundiais da UNESCO na Argentina incluem:

  1. Parque Nacional do Iguaçu: Localizado na província nordeste de Misiones, o Parque Nacional do Iguaçu é conhecido por suas deslumbrantes Cataratas do Iguaçu, uma das maiores e mais espetaculares cachoeiras do mundo. O parque é reconhecido por sua beleza natural e biodiversidade excepcionais, abrangendo florestas tropicais exuberantes, vida selvagem diversificada e inúmeras cachoeiras em cascata ao longo do Rio Iguaçu.
  2. Parque Nacional Los Glaciares: Situado no sul dos Andes da região da Patagônia Argentina, o Parque Nacional Los Glaciares é conhecido por suas geleiras deslumbrantes, montanhas escarpadas e natureza intocada. O parque é o lar de geleiras icônicas, como a Geleira Perito Moreno, um Patrimônio Mundial da UNESCO conhecido por suas formações de gelo dinâmicas e eventos dramáticos.
  3. Bloco Jesuíta e Estâncias de Córdoba: Este Patrimônio Mundial da UNESCO compreende um grupo de missões jesuíticas e estâncias (ranchos) localizadas na província de Córdoba. O local reflete o legado cultural e arquitetônico das missões jesuíticas e da economia rural da Argentina colonial durante os séculos 17 e 18.
  4. Quebrada de Humahuaca: Localizada no norte da província de Jujuy, a Quebrada de Humahuaca é um deslumbrante desfiladeiro montanhoso reconhecido por sua beleza cênica, culturas indígenas vibrantes e rico patrimônio arqueológico. A área é caracterizada por formações rochosas coloridas, aldeias andinas tradicionais e locais culturais antigos, refletindo sua importância como uma paisagem cultural e rota comercial que remonta a milhares de anos.

Fato 8: A cidade mais meridional do planeta fica na Argentina

Ushuaia, localizada na província argentina da Terra do Fogo, é amplamente reconhecida como a cidade mais meridional do mundo. Situado na costa sul da Isla Grande de Tierra del Fuego, o Ushuaia está situado entre as Montanhas Marciais e o Canal de Beagle. Suas coordenadas geográficas, aproximadamente 54,8 graus de latitude sul, marcam sua posição como o assentamento urbano mais meridional, o que lhe rendeu o título de cidade do “Fim do Mundo”. Ushuaia serve como uma porta de entrada para a Antártida e é conhecida por suas paisagens naturais deslumbrantes e atividades ao ar livre aventureiras/

Fato 9: Argentina é o berço dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos

A Argentina produziu inúmeros jogadores de futebol lendários que são amplamente considerados como alguns dos maiores da história do esporte.

Um dos mais icônicos e celebrados jogadores do futebol argentino é Diego Maradona. Maradona é reverenciado por sua extraordinária habilidade, criatividade e talento em campo, bem como suas notáveis conquistas com clube e país. Ele levou a Argentina à vitória na Copa do Mundo de 1986, onde suas atuações lhe renderam o prêmio Bola de Ouro como melhor jogador do torneio. O infame gol “Mão de Deus” de Maradona e seu impressionante esforço solo contra a Inglaterra na mesma partida se tornaram momentos icônicos na história do futebol.

Outra lenda do futebol argentino é Lionel Messi. Amplamente considerado um dos maiores jogadores de todos os tempos, Messi acumulou inúmeros prêmios e recordes individuais ao longo de sua ilustre carreira. Ele ganhou vários prêmios Bola de Ouro da FIFA, e seu extraordinário talento, visão e proeza de gol lhe renderam comparações com Maradona e outros grandes nomes do futebol.

Além de Maradona e Messi, a Argentina produziu outros jogadores lendários do futebol, incluindo Alfredo Di Stefano, Gabriel Batistuta, Juan Román Riquelme, entre outros.

Gerd EichmannCC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Fato 10: Mas o esporte nacional da Argentina não é futebol

Enquanto o futebol (conhecido como futebol na maior parte do mundo) é incrivelmente popular e amplamente seguido na Argentina, o esporte nacional do país é oficialmente reconhecido como Pato. Pato é um esporte tradicional na Argentina que combina elementos de polo e basquete e é jogado a cavalo. O jogo envolve duas equipes competindo para marcar gols jogando uma bola através de um aro vertical enquanto montam cavalos.

Pato tem profundas raízes históricas na Argentina e foi oficialmente declarado o esporte nacional em 1953. Tem uma importância cultural significativa e é frequentemente tocada durante festivais, celebrações e feriados nacionais.

Please type your email in the field below and click "Subscribe"
Subscribe and get full instructions about the obtaining and using of International Driving License, as well as advice for drivers abroad