1. Permissão internacional para dirigir
  2.  / 
  3. Blog
  4.  / 
  5. 10 fatos interessantes sobre a Romênia
10 fatos interessantes sobre a Romênia

10 fatos interessantes sobre a Romênia

Fatos rápidos sobre a Romênia:

  • Localização: A Romênia está no sudeste da Europa, fazendo fronteira com a Ucrânia, Bulgária, Sérvia, Hungria e Moldávia.
  • Capital: Bucareste
  • População: Mais de 19 milhões
  • Geografia: Diversas paisagens, incluindo as montanhas dos Cárpatos e o Rio Danúbio.
  • Castelos: Famoso por castelos medievais, incluindo o Castelo de Bran.

Fato 1: O nome da Romênia está ligado ao Império Romano

O nome “Romênia” tem origem na palavra latina “Romanus”, que significa “Romano”. Historicamente, o território da atual Romênia fazia parte da antiga província romana da Dácia. Os colonizadores romanos de língua latina assimilaram-se à população dácia local, contribuindo para a formação de uma cultura distinta. Com o tempo, como o latim persistiu como língua dominante, a região ficou conhecida como “Romênia”, significando uma terra habitada pelos descendentes ou cidadãos do Império Romano. Esta ligação linguística e histórica continua a ser parte integrante da identidade da Roménia.

Fato 2: O Conde Drácula é associado à figura histórica Vlad III

A conexão entre o conde Drácula e Vlad III, um governante da Valáquia do século 15 (agora parte da Romênia moderna), é um elo histórico frequentemente explorado na literatura e no folclore. Vlad III é comumente conhecido como Vlad, o Empalador, devido aos seus métodos brutais de punir inimigos. O autor irlandês Bram Stoker inspirou-se na reputação de Vlad e incorporou-a no seu famoso romance gótico “Drácula”. Enquanto o Conde Drácula é um personagem fictício, a associação com Vlad III adiciona uma dimensão histórica ao mito do Drácula, contribuindo para o legado cultural e histórico da Romênia.

Facto 3: O parlamento romeno está instalado num dos maiores e mais pesados edifícios do mundo

O Palácio do Parlamento, localizado em Bucareste, é uma estrutura icônica e serve como sede do Parlamento da Romênia. Conhecido por seu imenso tamanho, é considerado um dos edifícios administrativos mais pesados e extensos do mundo. A construção começou em 1984, e o edifício é um testemunho da grandeza arquitetônica da era comunista. O Palácio do Parlamento é um símbolo significativo da história da Romênia e um exemplo notável de arquitetura monumental.

Fato 4: A primeira rua iluminada com luzes elétricas apareceu na Romênia

Timişoara, uma cidade no oeste da Romênia, detém a distinção de ter a primeira rua iluminada com luzes elétricas no país. Esse evento histórico ocorreu em 12 de novembro de 1884, quando a cidade instalou lâmpadas elétricas de arco na rua principal, abrindo caminho para avanços na tecnologia de iluminação urbana. A iniciativa pioneira de Timişoara marcou um momento notável na história da iluminação pública elétrica na Europa.

Fato 5: Uma das estradas mais bonitas está na Romênia

A Transfăgărășan Highway, muitas vezes referida como uma das estradas mais pitorescas do mundo, ganhou reconhecimento do popular show automotivo Top Gear. Esta sinuosa estrada de montanha atravessa os Cárpatos do Sul, oferecendo vistas deslumbrantes e paisagens cênicas. Aberto do final de junho a outubro, o Transfăgărășan é conhecido por suas curvas fechadas, mudanças dramáticas de elevação e vistas deslumbrantes, tornando-se um destino favorito para entusiastas de condução e turistas que exploram a beleza da Romênia.

Nota: Você gostaria de ir para uma unidade? Verifique se você precisa de uma Carteira Internacional de Habilitação na Romênia para dirigir.

Fato 6: A igreja mais alta feita de madeira está na Romênia

A Igreja de Madeira de São Jorge em Surdeşti, Condado de Maramureş, Romênia, detém o título de igreja de madeira mais alta do mundo. Construído em 1766, este Patrimônio Mundial da UNESCO fica a uma altura impressionante de aproximadamente 72 metros (236 pés). O intrincado artesanato da estrutura de madeira, incluindo sua torre alta, mostra a rica tradição da arquitetura de madeira na região e aumenta o patrimônio cultural e histórico da Romênia.

Fato 7: Na Romênia, há um cemitério único e bem-humorado

O Cemitério Alegre (Cimitirul Vesel) em Săpânța, Condado de Maramureş, é famoso por suas lápides coloridas com epitáfios bem-humorados e poemas extravagantes. Criado pelo artista Stan Ioan Pătraș, o cemitério se destaca como uma celebração da vida em vez de uma reflexão sombria sobre a morte. Os versos espirituosos e alegres fornecem informações sobre as vidas e personalidades dos falecidos, tornando o Cemitério Feliz uma atração cultural distinta e divertida na Romênia.

Fato 8: A Romênia abriga a segunda maior geleira da Europa

O Glaciar Balea, situado nas Montanhas Făgăraș dos Cárpatos do Sul, é o segundo maior glaciar do continente europeu. Cobrindo uma área de aproximadamente 10 hectares, o glaciar é uma característica natural notável, atraindo visitantes com sua deslumbrante paisagem alpina. O Glaciar Balea da Roménia, também conhecido como Glaciar Balea Lac, contribui para as paisagens diversas e pitorescas do país.

Fato 9: Há um total de 8 Patrimônios Mundiais da UNESCO na Romênia

A Romênia possui uma gama diversificada de tesouros culturais e naturais reconhecidos pela UNESCO. Esses sites incluem:

  1. Igrejas da Moldávia: Estas são um grupo de oito igrejas ortodoxas romenas no norte da Moldávia, conhecidas por seus afrescos exteriores únicos e vibrantes que retratam cenas religiosas.
  2. Fortalezas dácias das montanhas Orăștie: Uma série de seis fortalezas no topo de colinas construídas pela antiga civilização dácia nos séculos 1 a.C. e d.C., fornecendo informações sobre sua arquitetura militar.
  3. Centro Histórico de Sighişoara: Uma cidade medieval bem preservada, berço de Vlad, o Empalador (a inspiração para o Conde Drácula), com casas coloridas, uma Torre do Relógio e a Igreja na Colina.
  4. Monastério de Horezu: Uma obra-prima do século 18 da arquitetura de estilo Brâncovenesc, o Mosteiro Horezu é conhecido por suas pinturas religiosas, esculturas e um pátio sereno.
  5. Aldeias com Igrejas Fortificadas na Transilvânia: Uma coleção de sete aldeias com igrejas fortificadas construídas pelos saxões da Transilvânia, apresentando uma mistura única de elementos arquitetônicos medievais e góticos.
  6. Igrejas de madeira de Maramureș: Um grupo de oito igrejas de madeira, principalmente na região de Maramureş, conhecida por seu estilo arquitetônico tradicional maramureşan e marcenaria detalhada.
  7. Mosteiros pintados do norte da Moldávia: Um conjunto de oito mosteiros ortodoxos romenos no norte da Moldávia, conhecidos por seus afrescos exteriores retratando cenas religiosas, reconhecidos por seu valor artístico e espiritual.
  8. Paisagem Cultural da Mineração de Rosia Montana: Uma paisagem cultural nas montanhas Apuseni com significado arqueológico, histórico e ambiental, refletindo séculos de atividades minero-metalúrgicas.

Fato 10: A Romênia tem um Museu do Ouro

O Museu do Ouro está localizado em Brad, Romênia, uma cidade com uma história profundamente entrelaçada com a mineração de ouro. O museu mostra o rico patrimônio do país na mineração de ouro, apresentando exposições sobre os aspectos geológicos, históricos e culturais da extração de ouro na região. Os visitantes podem explorar vários artefatos, ferramentas e informações relacionadas à indústria de mineração de ouro da Romênia, fornecendo uma compreensão abrangente da importância do ouro na história do país.

Please type your email in the field below and click "Subscribe"
Subscribe and get full instructions about the obtaining and using of International Driving License, as well as advice for drivers abroad